Cartas às Igrejas

As Sete Congregações de Revelação, também conhecidas como as Sete Congregações da Ásia Menor, são as Congregações das cidades mais importantes desta região no início do cristianismo, mencionadas no livro do Apocalipse, no Novo Testamento. Atualmente, todas as ruínas destas antigas cidades encontram-se na Turquia. Na Revelação, Jesus Cristo instrui o apóstolo João da seguinte forma:

«…O que vês, escreve-o num livro, e envia-o às sete igrejas: a Éfeso, a Esmirna, a Pérgamo, a Tiatira, a Sardes, a Filadélfia e a Laodicéia.» (Apocalipse 1:11)[1]

Podemos entender o termo “Congregações”, neste contexto, como as comunidades cristãs que viviam nestas cidades e não necessariamente Congregações no sentido de templos, prédios ou construções, as quais foram construídas posteriormente para serem locais de reunião e culto.[carece de fontes]

Existem algumas interpretações que sugerem que essas 7 igrejas representem, num sentido mais amplo, os povos cristãos dos 7 continentes políticos da atualidade, ou ainda, que representem as 7 principais vertentes das denominações cristãs que estão difundidas hoje, as quais Deus descreve as obras de cada “igreja” por intermédio dos seus “anjos” divulgadores do evangelho ao longo dos tempos, reforçando assim o caráter global da mensagem e a sua inserção no contexto da era moderna.

 

Citação

Das sete igrejas em Apocalipse, temos:

Eféso

Seu nome significa desejavél, sua localização era um ponto importante tanto militar como comercial. Éfeso era a maior cidade da costa oeste da Ásia Menor. Como um centro de comércio marítimo e rodoviário da região, Éfeso era uma próspera comunidade urbana. No final do primeiro século D.C. era a quarta maior cidade do Império Romano. Os romanos fizeram de Éfeso o centro administrativo da província da Ásia. O governador e outros oficiais de Roma entravam na província através do porto e conduziam muitos dos seus negócios na cidade. Renomados santuários religiosos, como o espaçoso teatro, e elegantes prédios públicos deram a Éfeso uma lugar integral na vida cultural de toda região. Na metade do primeiro século D.C., Paulo trabalhou em Éfeso por diversos anos. A primeira delas, precisava se arrepender, pois havia perdido o primeiro amor. Esse primeiro amor é um amor ardente.

Esmirna

Esmirna era a principal cidade que disputava com Éfeso e Pérgamo a fama de ser chamada de maior cidade da Ásia. Ruas e edifícios se estendiam através do litoral que circundava as montanhas. Fontes emanavam com águas do aqueduto da cidade. Um teatro ficava numa das áreas mais altas da cidade e de lá se contemplava a parte mais baixa da cidade. Esmirna reivindica o título de berço do poeta Homero e construiu um relicário em sua honra. Uma biblioteca, ginásios, termas e um estádio contribuíam para a vida cultural de Esmirna. A cidade atraiu oradores, como Apolônio de Tyana no primeiro século, e outros renomados, no segundo século. Provação. Quando estamos em sofrimento, daí é que nós nos voltamos ao Senhor, valorizamos as reuniões, os grupos familiares, e até pedindo a oração dos irmãos, mas quando o sofrimento passa a nossa tendência é nos afastarmos de Deus e nos unirmos ao mundo. Porém essa igreja em nada tem sido reprovada por Deus. É a igreja a qual Deus aprova por todas as suas obras, pela sua fé e persistência.É bem possível que a igreja em Esmirna, uma cidade situada aproximadamente 65 km ao norte de Éfeso, esteja incluída nestas citações. Mas, a primeira vez que ela é identificada por nome é nas citações no Apocalipse. Por isso, não temos informações específicas sobre esta igreja, além dos quatro versículos desta carta ao anjo da igreja em Esmirna. O pouco que sabemos é positivo. Esta carta elogia e encoraja, sem oferecer nenhuma crítica dos cristãos em Esmirna.

Pérgamo

Pérgamo foi a maior cidade no oeste da Ásia Menor nos tempos do Novo Testamento. Está situada em um espaçoso vale, a 26 quilômetros do mar Egeu, naquilo que é hoje a Turquia. Séculos antes de Cristo, Pérgamo foi uma capital independente do império. Seus templos impressionantes, biblioteca e recursos médicos fizeram de Pérgamo um renomado centro cultural e político. No tempo em que o Apocalipse estava sendo escrito, Pérgamo tornou-se parte do império Romano, mas por causa da localização e importância, os Romanos usaram-na como centro administrativo da província da Ásia (Casamento com o mundo) e o resultado disso é nos tornarmos idólatras (Tiatira).

Tiatira

Tiatira era um centro comercial na Ásia Menor (moderna Turquia). Estava localizada num fértil vale no qual passavam rotas de comércio. Embora destruída por um terremoto durante o reino de César Augusto (27 a.C.-d.C. 14), Tiatira foi reconstruída com a ajuda Romana. Produtos têxteis eram os mais importantes em Tiatira . Uma das comerciantes de roupas da cidade era uma mulher chamada Lídia, que conduzia negócios em lugares distantes como Filipos. Igreja ativa nos trabalhos sociais, caridosa (amorosa), consistente na fé e na paciência, porém toleravam a idolatria e a prostituição a outros deuses, ato abominado por Deus, sendo essas atitudes semelhantes a atitude de Jezabel, uma mulher citada no Antigo Testamento que é aplicada apenas como referência para os cristãos em Tiatira, pois ela foi morta desde os dias de Elias. Seendo Jezabel apenas um adjetivo. Deus queria que a igreja se tornasse intolerante a esse tipo de atitude.

Sardes

Sardes foi uma das cidades legendárias da Ásia Menor, onde hoje é a Turquia. No sétimo século a.C., Sardes foi a capital da Lídia. Ouro foi encontrado no rio próximo de Sardes e reis que moravam lá foram renomados por sua riqueza. Os persas capturaram Sardes no sexto século e fizeram dela um centro administrativo para a parte oeste do seu império. A famosa “estrada real” conectava Sardes com outras cidades do leste. Nos tempos do Novo Testamento, Sardes foi parte da província Romana da Ásia. Porém Deus não desiste pois tem um propósito: ter uma expressão de seu reino na terra, e por meio de sua luz separa aqueles que receberam a verdade e dá início então à sua restauração. Mas por essas verdades não serem praticadas, cessou-se então a obra de restauração e deu-se início as divisões, e a divisão não é uma obra do Espírito Santo de Deus. A obra do Espírito Santo consiste na unidade do Corpo de Cristo que está relacionada à Igreja em Filadélfia.

Filadélfia

Filadélfia fica num vale aos pés de um platô montanhoso. A parte de baixo e escura, no centro da imagem, mostra a área da antiga cidade. Os reis de Pérgamo fundaram Filadélfia como um posto avançado do seu Reino no segundo século a.C. A cidade estava localizada ao longo de uma importante estrada de viagem que ligava Pérgamo ao norte com Laodicéia ao sul. Nos tempos do novo testamento, Filadélfia fazia parte da província Romana da Ásia. A cidade foi devastada por um terremoto em 17 d.C. e por um tempo as pessoas viveram com medo de tremores. Filadélfia foi reconstruída com ajuda do imperador Tibério. O nome Filadélfia significa amor fraternal.

Laodicéia

Laodicéia fica no principal cruzamento de estradas dos vales da Ásia Menor, no que é hoje a Turquia. A cidade estava situada numa montanha que dava para um vale fértil e majestosas montanhas. Nos tempos romanos, a cidade era um importante centro de administração e comércio. As questões de justiça da região eram ouvidas em Laodicéia e fundos eram depositados nos bancos da cidade para segurança. Embora danificada por terremotos durante o reino de Augusto (27 a.C. – 14 d.C.) e novamente em 60 d.C, a cidade continuou reconstruindo e prosperando. Por fim temos uma advertência: se perdermos a simplicidade com relação ao Nome e à Palavra, poderemos cair na condição de Laodicéia, que se achava rica e abastada, pois o Senhor precisa bater para entrar novamente, por estar com a porta fechada.

Entre essas sete igrejas, cinco delas o Senhor adverte para que se arrependam de sua condição, mas Esmirna e Filadélfia não possuem tal advertência pois são igrejas que se arrependem.

————————————–

Comparativo entre as igrejas

————————————–

Apocalipse 2 e 3

————————————–

Éfeso – v.1 a v.7

Defeitos

  • Tenho, porém, contra ti que deixaste a tua primeira caridade. (primeiro amor)

Virtudes

  • Eu sei as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua paciência, e que não podes sofrer os maus; e puseste à prova os que dizem ser apóstolos e o não são e tu os achaste mentirosos; e sofreste e tens paciência; e trabalhaste pelo meu nome e não te cansaste.
  • Tens, porém, isto: que aborreces as obras dos nicolaítas, as quais eu também aborreço.

Sentença

  • Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres.

Promessas

  • Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida que está no meio do paraíso de Deus.

————————————–

Esmirna v.8 a v.11

Defeitos

Virtudes

  • Eu sei as tuas obras, e tribulação, e pobreza (mas tu és rico), e a blasfêmia dos que se dizem judeus e não o são, mas são a sinagoga de Satanás.

Sentença

Promessas

  • Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.
  • Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas: O que vencer não receberá o dano da segunda morte.

————————————–

Pérgamo – v.12 a v.17

Defeitos

  • Mas umas poucas coisas tenho contra ti, porque tens lá os que seguem a doutrina de Balaão, o qual ensinava Balaque a lançar tropeços diante dos filhos de Israel para que comessem dos sacrifícios da idolatria e se prostituíssem.
  • Assim, tens também os que seguem a doutrina dos nicolaítas, o que eu aborreço.

Virtudes

  • Eu sei as tuas obras, e onde habitas, que é onde está o trono de Satanás; e reténs o meu nome e não negaste a minha fé, ainda nos dias de Antipas, minha fiel testemunha, o qual foi morto entre vós, onde Satanás habita.

Sentença

  • Arrepende-te, pois; quando não, em breve virei a ti e contra eles batalharei com a espada da minha boca.

Promessas

  • Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer darei eu a comer do maná escondido e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito, o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe.

————————————–

Tiatira – v.18 a 29

Defeitos

  • Mas tenho contra ti o tolerares que Jezabel, mulher que se diz profetisa, ensine e engane os meus servos, para que se prostituam e comam dos sacrifícios da idolatria.
  • E dei-lhe tempo para que se arrependesse da sua prostituição; e não se arrependeu.

Virtudes

  • Eu conheço as tuas obras, e a tua caridade, e o teu serviço, e a tua fé, e a tua paciência, e que as tuas últimas obras são mais do que as primeiras.
  • Mas eu vos digo a vós e aos restantes que estão em Tiatira, a todos quantos não têm esta doutrina e não conheceram, como dizem, as profundezas de Satanás, que outra carga vos não porei.
  • Mas o que tendes, retende-o até que eu venha.

Sentença

  • Eis que a porei numa cama, e sobre os que adulteram com ela virá grande tribulação, se não se arrependerem das suas obras.
  • E ferirei de morte a seus filhos, e todas as igrejas saberão que eu sou aquele que sonda as mentes e os corações. E darei a cada um de vós segundo as vossas obras.

Promessas

  • E ao que vencer e guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei poder sobre as nações, e com vara de ferro as regerá; e serão quebradas como vasos de oleiro; como também recebi de meu Pai, dar-lhe-ei a estrela da manhã.

————————————–

Sardes – v.1 a v.6

Defeitos

  • Eu sei as tuas obras, que tens nome de que vives e estás morto.
  • Sê vigilante e confirma o restante que estava para morrer, porque não achei as tuas obras perfeitas diante de Deus.

Virtudes

  • Mas também tens em Sardes algumas pessoas que não contaminaram suas vestes e comigo andarão de branco, porquanto são dignas disso.

Sentença

  • Lembra-te, pois, do que tens recebido e ouvido, e guarda-o, e arrepende-te. E, se não vigiares, virei sobre ti como um ladrão, e não saberás a que hora sobre ti virei.

Promessas

  • O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos.

————————————–

Filadélfia – v.7 a v.13

Defeitos

Virtudes

  • Eu sei as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra e não negaste o meu nome.

Sentença

Promessas

  • Eis que eu farei aos da sinagoga de Satanás (aos que se dizem judeus e não são, mas mentem), eis que eu farei que venham, e adorem prostrados a teus pés, e saibam que eu te amo.
  • Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra.
  • Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.
  • A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, do meu Deus, e também o meu novo nome.

————————————–

Laodicéia – v.14 a v.22

Defeitos

  • Eu sei as tuas obras, que nem és frio nem quente. Tomara que foras frio ou quente!
  • Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta (e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu),

Virtudes

Sentença

  • Assim, porque és morno e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.
  • Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças, e vestes brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os olhos com colírio, para que vejas.
  • Eu repreendo e castigo a todos quanto amo; sê, pois, zeloso e arrepende-te.

Promessas

  • Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e com ele cearei, e ele, comigo.
  • Ao que vencer, lhe concederei que se assente comigo no meu trono, assim como eu venci e me assentei com meu Pai no seu trono.

One Response to Cartas às Igrejas

  1. silvio roberto lins da cunha disse:

    Que as bençãos de Deus permaneça sobre sua vida que transmite esta semente tão preciosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido.