Deus tem um plano para você

Todos nós temos uma chamada. Não andamos aqui por acaso. Todos somos importantes. Não há uma pessoa à face da terra que não seja preciosa e importante. Eu não estou a dizer que somos todos iguais, que todos temos os mesmos dons e capacidades, mas quero afirmar que toda a pessoa é importante.

Efésios 4:11 – “E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores.”

Mateus 25:14-30 A parábola dos 10 Talentos

Neste texto bíblico, Jesus está a fazer o paralelo entre Deus e nós. Jesus está a dizer-nos o seguinte: Toda a gente tem dons.

Os músicos sabem tocar música, porque foi um dom que Deus lhes deu. Um homem que seja gerente, um médico, um engenheiro, um homem de negócios, tem o dom que Deus lhe deu. Ele pode pensar que a capacidade é dele, mas não é. Porque é que ele sabe fazer aquilo? Porque Deus lhe deu essa capacidade. Isto é absolutamente a verdade.

A grande questão que se põe é: no tal dia que vamos prestar contas a Deus, Ele vai dizer-lhe: – “O que é que tu fizeste com os talentos que eu te dei?” – “Eu era músico no mundo, tinha que ganhar muito dinheiro…” – “O que é que aconteceu ao teu dinheiro?” – “Ficou lá…” – “O que é que tu tens para me mostrar?” – “Bem…eu precisava pensar…” Servo inválido, inútil, não presta. O que vai acontecer a esse indivíduo? Vai para o inferno; ele não fez nada com o dom que Deus lhe deu.

Isto não é só para os cristãos. É para toda a gente à face da terra! Todos estaremos diante de Deus, e Ele perguntará, “O que fizeste aos talentos que te dei?”

O que eu quero dizer, é que você tem um ministério. Você que já é cristão, tem um ministério, que é tão importante como o meu. Eu fui chamado para pregar, para abrir Igrejas, supervisionar as Igrejas, descobrir onde estão os pastores que Deus já chamou, colocá-los nas igrejas e supervisioná-los. Não quero dizer, que sou mais do que os outros! Apenas é uma responsabilidade que eu tenho. O músico tem o dom de Deus para tocar e cantar. Nós temos pessoas que, antigamente, eram profissionais, mas agora entregaram o seu dom a Deus. Quem diz deste, diz de outro ministério.
Qual é o ministério do homem de negócios? É TRAZER FINANÇAS PARA A OBRA DE DEUS.

Deuteronômio 8:17 e 18 “E digas nos teu coração: A minha força, e a fortaleza de meu braço, me adquiriu este poder. Antes te lembrarás do Senhor teu Deus, que ele é o que te dá força para adquirires poder; para confirmar o seu concerto, que jurou a teus pais, como se vê neste dia.”

Se aprendermos esta lição e deixarmos Deus utilizar-se de nós para abençoar o próximo, Deus vai fazer-nos prosperar e observar qual é a nossa reação. Se agüentarmos isso, Ele dá-nos mais um bocadinho. Um homem sábio é aquele que trabalha para Deus, sabendo que as casas, o dinheiro, os carros, e todos os bens materiais, são-nos emprestados, confiados por um tempo.

Nós temos uma tarefa aqui. Qual é ela?

AJUDAR O PRÓXIMO, SALVAR A HUMANIDADE PARA DEUS.

Não é convencer as pessoas, porque quem faz esse trabalho é o Espírito Santo. Ajudar o próximo é nossa tarefa. É para isso que nós estamos na terra. No dia em que eu descobri que esta é a minha tarefa, finalmente, tive vontade de viver. Eu tinha acabado de fazer um projeto que era um sonho. Mas, depois, em vez de me sentir realizado na vida, senti-me vazio. A minha vida não fazia sentido. Quando entreguei a minha vida a Jesus, Ele pôs o Seu Espírito dentro de mim. Por Deus, comecei a compreender a razão de eu existir. Todos os dias, tenho vontade de O servir. Tenho vontade de acordar bem cedo, e ir mostrar a este mundo perdido, que há um Deus maravilhoso, que o seu nome é JESUS CRISTO, e que vale a pena segui-Lo.

O meu desejo e encorajamento para si, é que compreenda que Cristo em você é a Esperança da Glória! Deus precisa de você e conta consigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
13 × 12 =