O Que A Bíblia Diz Acerca Da idolatria?

Idolatria é prestar homenagem as imagens de Jesus, da Virgem Maria, de Santo António e dos outros Santos.

Idolatria é servir essas imagens, é fazer orações a elas, é fazer procissões com as imagens, fazer promessas a Santos, dobrar os joelhos às imagens dos Santos, etc.

O QUE É QUE A BÍBLIA DIZ?

Êxodo 20:1-4 – “Então falou Deus todas estas palavras dizendo: Eu sou o Senhor, teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra”.

Repare no versículo 4 – “… não farás imagens à semelhança do que há em cima nos céus…”.

O que é que há em cima nos céus? Jesus, a Santa Maria, os outros Santos, os Anjos, etc.

Diz para não fazermos imagens deles.

Repare no versículo 5 – “… não te encurvarás a elas (as imagens) e não as servirás…”.

Deus diz para não nos encurvarmos as imagens, nem as servirmos; no entanto, é o que muitas pessoas andam a fazer.

Fazem-no porque andam enganados, pensando que isso agrada a Deus.

Mas o versículo 5 diz: “Não te encurvarás a elas, nem as servirás: porque eu, o Senhor, teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem”.

Portanto, o que é que Deus acha de: Servir a imagens, Orar às imagens, Fazer procissões, etc.? Deus diz no versículo 5 que isso lhe aborrece de tal maneira que visita a maldade dessas pessoas até a terceira e quarta geração.

Ora muita gente dirá: “Mas eu acho que não tem mal algum. Além disso, fui ensinado a servir a Deus deste modo.”.

Mas a questão é: “O QUE É QUE DEUS ACHA”?

Deus acha que isso O aborrece, e previne que aos idólatras (os praticantes destas atividades) não entrarão no Reino de Deus:

Ap. 22: 15 – “Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.”

Uma advogada certa vez veio falar comigo: “Ah Pastor, eu ouvi dizer que quando o Pastor ora, Deus faz grandes coisas. Ajude-me, por favor”.

Então, começou a contar-me os problemas e eu vi logo…

“Então a senhora tem imagens em casa?”

“Graças a Deus, Pastor. Eu sou uma pessoa muito crente. Sabe, eu até tenho lá em casa um nicho, com uma velinha acesa toda a noite e todo o dia”.

“Então a senhora acredita na Bíblia?”

“Ah, Pastor, de capa a capa”.

“Então vamos ler a Bíblia”.

Eu li-lhe esta passagem e disse-lhe:

“Sabe o que é que Deus acha dessas velinhas e desses nichos com imagens (santos)? Isso abomina e aborrece a Deus”.

“Oh Pastor, não fale assim!”

“Oh irmã! Não sou eu a falar; é Deus”.

“Ah… mas eu acho que não tem mal nenhum. É só uma figura para eu me lembrar de Deus”.

“A Senhora pode achar o que quiser, mas Deus acha que está mal. É por isso que você tem problemas na sua vida”.

“Ah, mas eu fui educada assim, a mim ninguém me vira”.

Eu disse-lhe: “Se a senhora não quer mudar, Deus não lhe vai perdoar os pecados e a senhora vai continuar com os problemas”.

Ela continuou a argumentar. Então Deus disse-me: “Diz-lhe que vais telefonar ao marido dizendo-lhe que ele pode continuar a sair com as ‘moças’ do escritório”.

E eu transmiti-lhe isso mesmo. Porém ela respondeu-me:

“Ah, eu julgava que você era um homem de Deus! Um homem de Deus não fala assim!”

E eu disse-lhe: “A senhora não quer fazer o 1º dos 10 Mandamentos; então, o seu marido também pode desobedecer ao 4º, que diz para não adulterarmos”.

“Ah, mas isso é diferente”.

Quer dizer, na sua maneira de pensar, estava correto ela não obedecer ao 1º Mandamento de Deus; isso não lhe parecia mal. Mas quando tocou a parte do marido, em também ele não obedecer ao 4º Mandamento, ficou chocada. Isso não. O marido tinha que obedecer e cumprir com esse Mandamento.

Muitas pessoas sofrem problemas na vida porque têm imagens de “santos” em casa (incluindo cristãos). Você deve pôr Jesus em 1º lugar; deitar fora essas imagens.

Certa vez, uma irmã contou-me este testemunho: entregou a vida a Jesus, ouviu esta Palavra, mas custava-lhe jogar os “santos” fora. Então, ela escondeu-os para que ninguém os visse (tinha muita estima aos “santos”, às imagens) e Deus aborreceu-se com ela. Esperou dois anos para que ela se arrependesse do seu pecado mas ela não se arrependeu. Um dia, começou a ficar cega. Deus tirou a proteção da vida dela (ela sabia que a causa deste male era a sua desobediência, mas mais ninguém tinha conhecimento disto). Todas as pessoas diziam: “Como é que Deus permite que uma irmã que vai à igreja todos os domingos fique cega” ?

Mas ela andava a esconder o pecado diante de Deus. Sabe o que aconteceu? Com o andar dos tempos ficou cega. Resolveu então ir, mesmo às cegas, ao armário onde tinha escondido as imagens dos Santos. Pegou neles todos, quebrou tudo, em Nome de Jesus, e pediu perdão a Deus, com grande arrependimento no seu coração. Nesse mesmo instante, recebeu a sua vista, começou a ver de novo.

QUAL A SOLUÇÃO?

A solução é ARREPENDER-SE de praticar estas coisas que desagradam a Deus.

Mateus 4:17 – “Desde então, começou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.”

Quando Jesus pregava: “Arrependei-vos”, Ele estava a dizer: “Arrependei-vos de fazer o que aborrece a Deus”.

Muita gente tem problemas na vida porque os seus pecados fazem de muro de separação entre Deus e eles.

Não é Deus que não nos quer ajudar e que só ouve os nossos pedidos de vez em quando.

São os pecados das pessoas que fazem separação entre Deus e as pessoas.

Mas se uma pessoa confessar o seu pecado, i.e., admitir diante de Deus que pecou e se arrepender, Deus retirará esse muro de separação, ouvi-la-á e a ajudará.

I João 1:9 – “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.”

Arrependimento significa “parar de fazer” aquilo que aborrece a Deus.

Isto implica deixar de participar em procissões (i.e., deixar de servir as imagens), deixar de dobrar os joelhos e orar às imagens de Maria, Santo António, etc., e jogar fora essas imagens, que aborrecem a Deus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...